Realizei o sonho do primeiro veículo próprio, e agora?

A compra de um veículo é um momento de muita alegria, principalmente se for o primeiro, e muitas vezes se trata da realização de um sonho.

Nesse momento de muita empolgação, algumas pessoas acabam esquecendo da parte burocrática que envolve a compra de um veículo, seja ele novo ou usado. Pensando nisso, nós aqui da AASC Sul preparamos um checklist com os passos para deixar o seu veículo pronto para circulação conforme determina a lei.

A seguir vamos discriminar quais procedimentos devem ser seguidos pelos novos proprietários para regularizar a situação do seu novo bem.

 

1 – Documentação

Depois de efetuada a compra do carro ou motocicleta 0 km, o proprietário deve ir com o seu veículo até uma unidade do Detran para realizar a vistoria e a emissão do decalque, que é uma espécie de adesivo de identificação para o veículo.

Em seguida o comprador terá que desembolsar uma quantia para o pagamento da taxa de emplacamento do veículo. Feito isso o motorista deve retornar ao Detran para concluir o processo.

O próximo passo é a emissão do Certificado de Registro do Veículo (CRV), certidão de compra e venda do automóvel e o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV), que é aquele documento que deve ser portado obrigatoriamente pelo motorista sempre em que for circular com o veículo.

 

Para solicitação são necessários os seguintes documentos:

  • RG e CPF (original e cópia);
  • Comprovante de endereço (original e cópia, de no máximo três meses antes);
  • Cópia da nota fiscal do fabricante;
  • Nota fiscal original da revenda, emitida pela concessionária ou pelo fabricante;
  • Decalque do chassi;
  • Formulário do Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores), que fica disponível nos sites dos Detrans de cada Estado;
  • Comprovantes de pagamento do primeiro registro e do emplacamento.

Após essa parte, serão emitidas guias para pagamento do IPVA e DPVAT (seguro obrigatório) do veículo. Somente após essas etapas concluídas é que será feito o pedido de emissão do CRV e do CRLV, assim como a geração do número da placa.

Com a conclusão desse processo, seu veículo estará devidamente legalizado e você já está liberado para rodar com o seu carro novo pelas ruas.

Caso você tenha adquirido um veículo usado, o processo é um pouco diferente. Deve-se preencher o Certificado de Registro do Veículo (CRV). A partir da data presente nesse documento o comprador tem um prazo de 30 dias para passar o veículo para o seu nome. O não cumprimento dessa regra é considerado infração grave e a punição são de até 5 pontos na carteira de habilitação.

 

Para fazer a transferência de posse do veículo, basta ir até o Detran com os seguintes documentos:

  • CRV preenchido e assinado pelo antigo dono, com firma reconhecida em cartório.
  • Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (original e cópia).
  • RG, CPF do novo proprietário (original e cópia).
  • Comprovante de endereço do novo proprietário (original e cópia, com data de até três meses anteriores).
  • Duas vias do formulário do RENAVAM, que deve ser solicitado nos Detrans de cada Estado – a maioria está disponível nos respectivos sites.
  • Dois decalques do chassi do veículo
  • Comprovante dos pagamentos da taxa de emissão da nova CRV e, se houver, dos demais débitos.

Importante: Verifique se a transferência dos documentos foi feita de maneira correta para o seu nome. Ao comprar o carro, você deve receber junto com ele o CRVL (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos) e o CRV (Certificado de Registro Veículo).

 

2 – Leia o manual

Como é o seu primeiro veículo é importante que você leia o manual a fim de saber mais sobre: calibragem correta dos pneus, a quilometragem correta para revisões e conferir todas as opções que seu carro dispõe.

 

3 –  Contrate proteção veicular AASC Sul.

Seja um carro ou uma motocicleta que você tenha adquirido, é importante que esse bem esteja assegurado, dessa forma você evita dores de cabeça futuras.

Aqui na AASC Sul você encontra proteção veicular completa para o seu veículo e ainda tem muitos outros benefícios para você e sua família.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.